Ir para o conteúdo

Prefeitura de Ourinhos e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Ourinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUN
22
22 JUN 2023
SAÚDE
Saiba quais são os cuidados para evitar a febre maculosa
enviar para um amigo
receba notícias
A morte de quatro jovens na cidade de Campinas (SP) por febre maculosa nos últimos dias chamou a atenção por uma doença muitas vezes esquecida pela população em geral: a febre maculosa. Transmitida pela picada do carrapato, essa doença infecciosa causada pela bactéria do gênero Rickettsia tem alta taxa de letalidade.

De acordo com o Ministério da Saúde, as infecções pela bactéria Rickettsia rickettsii são as consideradas mais graves, com registros de casos no norte do Paraná e no interior paulista, inclusive em nossa região. Por mais que, segundo os dados do CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica), a cidade de Ourinhos só tenha registrado dois casos desde 2007, sendo o último em 2012, não podemos deixar de lado os cuidados para não contrair a doença.

CUIDADOS NECESSÁRIOS
A melhor forma de prevenir a febre maculosa é evitando o contato com o carrapato, principalmente em áreas arborizadas e gramadas. É importante tomar cuidados em locais onde pode haver exposição ao animal, como utilizar calças, botas e blusas com mangas compridas e usar roupas claras pra ajudar a identificá-lo. Verifique se os animais de estimação estão com carrapatos. A remoção deve ser feita com pinças. Lave a área da mordida com água e sabão ou álcool.

Locais com risco de contaminação e com infestação de carrapatos devem fazer ações preventivas, como instalar placas informativas que alertem os visitantes sobre os riscos e formas de prevenção.

SINTOMAS
Os sintomas iniciais da febre maculosa são semelhantes à de outras doenças, como a dengue, como febre, dor de cabeça, náusea, diarreia, dor muscular e manchas vermelhas. Saiba quais são os cuidados para evitar a febre maculosa

A morte de quatro jovens na cidade de Campinas (SP) por febre maculosa nos últimos dias chamou a atenção por uma doença muitas vezes esquecida pela população em geral: a febre maculosa. Transmitida pela picada do carrapato, essa doença infecciosa causada pela bactéria do gênero Rickettsia tem alta taxa de letalitade.

De acordo com o Ministério da Saúde, as infecções pela bactéria Rickettsia rickettsii são as consideradas mais graves, com registros de casos no norte do Paraná e no interior paulista, inclusive em nossa região. Por mais que, segundo os dados do CVE (Centro de Vigilância Epidemiológica), a cidade de Ourinhos só tenha registrado dois casos desde 2007, sendo o último em 2012, não podemos deixar de lado os cuidados para não contrair a doença.

CUIDADOS NECESSÁRIOS
A melhor forma de prevenir a febre maculosa é evitando o contato com o carrapato, principalmente em áreas arborizadas e gramadas. É importante tomar cuidados em locais onde pode haver exposição ao animal, como utilizar calças, botas e blusas com mangas compridas e usar roupas claras pra ajudar a identificá-lo. Verifique se os animais de estimação estão com carrapatos. A remoção deve ser feita com pinças. Lave a área da mordida com água e sabão ou álcool.

Locais com risco de contaminação e com infestação de carrapatos devem fazer ações preventivas, como instalar placas informativas que alertem os visitantes sobre os riscos e formas de prevenção.

SINTOMAS
Os sintomas iniciais da febre maculosa são semelhantes à de outras doenças, como a dengue, como febre, dor de cabeça, náusea, diarreia, dor muscular e manchas vermelhas. Portanto, procure uma unidade de saúde para o diagnóstico e informe ao médico caso tenha frequentado alguma zona de risco.
Secretarias Vinculadas
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia