Ir para o conteúdo

Prefeitura de Ourinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
OUT
08
08 OUT 2013
ADMINISTRAÇÃO
OURINHOS É A PRIMEIRA CIDADE DA REGIÃO CLASSIFICADA PELA ONU COMO “CIDADE RESILIENTE”
enviar para um amigo
receba notícias

Na última semana, a prefeita Belkis Fernandes assinou o documento da Organização das Nações Unidas (ONU) que classificou Ourinhos como "Cidade Resiliente". A ação é uma iniciativa da Estratégia Internacional para a Redução de Desastres (EIRD), da Secretaria Nacional de Defesa Civil (SEDEC) e do Ministério da Integração Nacional.

Cidade resiliente é aquela que tem a capacidade de resistir, absorver e se recuperar de forma eficiente dos efeitos de um desastre e de maneira organizada prevenir que vidas e bens sejam perdidos. Ser uma cidade resiliente requer uma união de esforços entre governos locais e a sociedade civil. O objetivo é aumentar o grau de consciência e compromisso em torno das práticas de desenvolvimento sustentável, como forma de diminuir as vulnerabilidades e propiciar o bem estar e segurança dos cidadãos.

Para o presidente da Defesa Civil de Ourinhos Ronaldo Mori, a classificação foi muito importante. “Felizmente somos uma cidade em que são raros os desastres ambientais. Como não temos barrancos, encostas e nem risco de alagamentos, não temos registros de acidentes e tragédias por conta disso. Ser classificada pela ONU como Cidade Resiliente é sem dúvida muito importante para nós, porque faz com que Ourinhos se prepare ainda mais, para agir em situações adversas como vendavais, a exemplo do que aconteceu recentemente em Taquarituba que fica a poucos quilômetros de distância daqui. Parabenizo toda a equipe da nossa Defesa Civil, sempre atuante, comprometida, capacitada e bem treinada”, destacou Ronaldo Mori.

Segundo guia da ONU, resiliência e redução de riscos de desastres devem fazer parte do desenho urbano e das estratégias para alcançar o desenvolvimento sustentável. São necessárias alianças fortes e ampla participação popular.

DEFESA CIVIL DE OURINHOS ESTEVE PRESENTE NO X FÓRUM NACIONAL DE DEFESA CIVIL

Com o intuito de aprimorar os conhecimentos, entre os dias 25 e 27 de setembro, o agente da Defesa Civil de Ourinhos Harald Adolf Scharf participou do X Fórum Nacional de Defesa Civil realizado em Joinville/SC,.

“No fórum, em que apenas Ourinhos esteve representada como cidade do interior de São Paulo, foram abordados temas como desastres naturais, sobrenaturais e ensinadas várias coisas como as mudanças de temperatura, como vendavais com raios, ciclones a que a região centro oeste está sujeita. A tragédia recente de Taquarituba/SP e São Francisco do Sul/SC, serviu de exemplo sobre como proceder e realizar socorro em situações como essa, assim como recebemos orientações também sobre como evacuar rapidamente de uma escola, por exemplo, em caso de desastres, entre outras orientações”, declarou Harald Scharf.

Nos três dias do Fórum foram debatidos diversos assuntos como:

• Plano Nacional de Gestão de Riscos Resposta a Desastres Naturais

• Gerenciamento de Desastres para gerenciamento de riscos

• Simulado de Preparação para Desastres

• Redução de Riscos em Escolas

• Oficina Técnica: Gestão de Mapeamento de Áreas de Risco

• Construindo Cidades Resilientes

• Participação da Comunidade nas ações de Proteção e Defesa Civil.

FOTO:O AGENTE DA DEFESA CIVIL DE OURINHOS HARADL SCHARF DURANTE O FÓRUM NACIONAL DE DEFESA CIVIL REALIZADO EM JOINVILLE/SC

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social
Seta
Versão do Sistema: 3.2.10 - 11/01/2023
Copyright Instar - 2006-2023. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia