Ir para o conteúdo

Prefeitura de Ourinhos e os cookies: nosso site usa cookies para melhorar a sua experiência de navegação. Ao continuar você concorda com a nossa Política de Cookies e Privacidade.
ACEITAR
PERSONALIZAR
Política de Cookies e Privacidade
Personalize as suas preferências de cookies.

Clique aqui e consulte nossas políticas.
Cookies necessários
Cookies de estatísticas
SALVAR
Prefeitura de Ourinhos
Acompanhe-nos:
Rede Social Facebook
Rede Social Instagram
Rede Social Youtube
Notícias
Enviar para um amigo!
Indique essa página para um amigo com seus dados
Obs: campos com asterisco () são obrigatórios.
Enviando indicação. Por favor, aguarde...
JUL
24
24 JUL 2020
SAE
SAE abre oficialmente licitação para ampliação da Estação de Tratamento de Água
enviar para um amigo
receba notícias

A SAE (Superintendência de Água e Esgoto de Ourinhos) deu sequência nesta semana a mais uma etapa do projeto para acabar com o déficit histórico de abastecimento de água em Ourinhos.

Já disponível no site da superintendência (), o edital de concorrência pública para ampliação da ETA (Estação de Tratamento de Água) deverá ser publicado na próxima edição do Diário Oficial do Município com todas as informações e regramentos do certame.

A licitação visa à contratação de empresa especializada para aquisição e instalação de equipamento modular em aço inoxidável para tratamento de água capaz de produzir água potável para consumo humano com vazão média ao dia de 200 litros/segundo (720 m³/h). O que representa um acréscimo de 30 a 40% no volume de água tratada a ser distribuída aos 115 mil habitantes do município.

“Esse tipo de ETA tem uma capacidade de produção muito boa que dará um reforço no nosso sistema de produção de água tratada. Outra vantagem é que toda a parte de captação de água bruta já está pronta no recalque 01. É uma nova tecnologia que trabalha com sistema totalmente automatizado com custos de operação bem mais baixos, com uma eficiência muito boa que possibilitará uma regularidade maior no nosso sistema de abastecimento,” explicou o gerente de captação, tratamento e recalque da SAE Hélio Serafim.

Com custo máximo estimado em 9.4 milhões custeado com recursos da própria SAE, o prazo de execução da obra é de 180 dias, contados a partir data de apresentação da licença prévia e de instalação emitida por órgão competente conforme Cronograma Físico-financeiro.

“Desde o inicio da gestão foi estabelecido que resolver o problema da falta d’ água no município seria uma prioridade. Superamos a falta de dinheiro no inicio e agora com as contas da SAE em ordem avançamos sobremaneira para resolver esse problema que administradores anteriores fez-se agravar muito. Estamos caminhando para solução,” pontuou o superintendente da SAE Inácio J. B. Filho.

O prazo para apresentação e protocolo dos documentos para habilitação e as propostas vai até às 9h do dia 03 de setembro de 2020, na sede da SAE.

Ouça esta reportagem:

Fonte: Coordenadoria de Comunicação Social
Seta
Versão do Sistema: 3.4.0 - 05/02/2024
Copyright Instar - 2006-2024. Todos os direitos reservados - Instar Tecnologia Instar Tecnologia